terça-feira, 26 de setembro de 2017

Você já teve vontade de dar a volta ao mundo? Na obra de Júlio Verne, Phileas Fogg e seu criado levaram 80 dias para o feito. Um casal brasileiro levou quase 4 anos para fazer a viagem de carro, o dobro do tempo gasto por um russo que fez tudo a pé. Mas na Dinamarca é possível completar a viagem em questão de minutos.
167533_Verdenskortet
Claro que a volta não é no planeta Terra, mas na reprodução chamada Verdenskortet, literalmente “Mapa do Mundo” em dinamarquês. Em 1943, um fazendeiro chamado Søren Poulsen estava trabalhando em suas terras quando viu uma pedra que parecia a Jutlândia. Esse momento trivial mudou sua vida.
De 1944 a 1969, Poulsen se dedicou a construir um mapa da Terra no local. Todos os anos, quando o frio do inverno fazia o lago Klejtrup Sø congelar, ele juntava terra e pedras e dispunha o material no formato dos continentes. Com a chegada da primavera, o gelo derretia e o material aterrava. Depois de vinte e cinco anos de trabalho, finalmente o mapa ficou pronto.
CROPPED_WERELD
O local é agora a principal atração turística da região de Hobro. São 4050 m² de área, onde cada 27 cm correspondem a 111 quilômetros no mundo real. Bandeiras foram hasteadas para representar cada país, e pedras simulam grandes montanhas do planeta. Por lá, é possível jogar minigolfe, num circuito que inclui cinco continentes, além de andar de pedalinho pelos oceanos.
Unicode
Unicode
Verdenskortet-mapa-mundo-real-dinamarca-aerea
Todas as fotos © Verdenskortet

Parque que reproduz a Terra, uma dica diferente para sair com a família

sexta-feira, 22 de setembro de 2017


Sun City é um incrível complexo de lazer, com ares de parque temático, situado a aproximadamente 200 Km de Johannesburg. Por fazer fronteira com uma reserva de vida selvagem de mais de 500 mil metros quadrados, o Pilanesberg National Park, seus hóspedes têm muitas opções de safáris emocionantes a poucos minutos de distância.
O complexo Sun City possui vários hotéis, cassino, casa de shows e cinemas, além de proporcionar diversas atividades esportivas e de lazer que encantam a criançada. Dentre seus atrativos, o mais famoso é o parque aquático Valley of the Waves, que abriga toboáguas emocionantes e uma praia artificial com palmeiras e ondas enormes.
Veja a seguir o roteiro de extensão que preparamos para viajar para Sun City com crianças e vivenciar um verdadeiro mundo de fantasia e diversão sem fim!

Roteiro


Este é um roteiro com duração sugerida de duas noites, partindo de Johannesburg, para conhecer o complexo de lazer Sun City e suas atrações.
A aventura inicia com a hospedagem no melhor hotel do complexo, o The Palace of the Lost City, um opulento palácio totalmente decorado ao melhor estilo dos marajás africanos. Nossa proposta é que a família fique hospedada nesse hotel e aproveite as diversas atividades que ele e todo o complexo oferecem.
Como se toda a infraestrutura e gama de atividades de lazer de Sun City já não fossem o bastante para uma viagem inesquecível, para adicionar ainda mais emoção, preparamos um diferencial para nosso roteiro: um passeio para fazer interação com filhotes de leões em um parque especializado, onde as crianças poderão ter mais contato com os animais.

Diversão não vai faltar para a família aproveitar um pouco mais da viagem para a África do Sul!

Sun City, Africa do Sul incrível complexo de lazer para aproveitar com a criançada

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Viajar com crianças é sempre um pequeno desafio, mas Paris tem atrações para todas as idades


A Cidade Luz pode ser um pouco amedrontadora para quem viaja com crianças. Alguns hotéis não aceitam menores de 12 anos, muitos cardápios tentadores para adultos fazem os pequenos torcerem o nariz e várias atrações não possuem informações em idioma que não seja o francês. Isso para não mencionar filas que fazem a família inteira perder a paciência. Mas há uma Paris que adora crianças. Há diversos parques, palácios e centros culturais com ótima estrutura e curadoria infantil, além de atrações especialmente desenhadas para eles. Nos arredores da cidade estão infalíveis parques temáticos e há muito espaço para elas se divertirem. Enfim, um ótimo destino para toda família. 

A atração: Torre Eiffel
Nenhuma visita a Paris é completa sem passar pela Torre Eiffel, a atração número 1 da França. As belíssimas vistas irão animar as crianças, assim como descer as escadas (tenha cuidado aqui e tenha em mente que alguns pedirão colo quando cansarem). As perspectivas inusitadas sobre a cidade não as frustrarão e ainda há boa estrutura com banheiros, mostras e lanchonetes. Uma brincadeira simples e infalível é identificar os vários edifícios já visitados pela família, como o Arco do Triunfo e as Tulherias. 

Passeio para toda a família
 A Cidade das Ciências e Indústria de La Villete não apenas traz exposições bem montadas sobre fenômenos como eletricidade, chuvas e geologia, mas também é um grande parque verde. Destaque para a Géode, que abriga um cinema IMAX. Igualmente certeiros são passeios como a Disneylândia de Paris (40 quilômetros de distância do Centro) e o Parc Astérix (50 quilômetros ao norte), um com camundongos e patos e outros com bravos gauleses. O Centre Pompidou tem mostras, permanentes e temporárias, para adultos e crianças, mas há uma área totalmente dedicada a elas, que poderão tocar e interagir com “obras de arte”. Voltado às crianças entre 6 e 12 anos, a Galerie des Enfants do Museu Nacional de História Natural, junto ao Jardin des Plantes, é uma experiência envolvente, que apresenta conceitos sobre animais e sustentabilidade. Já o Musée des Arts e Métiers (Artes e Ofícios) é especializado em tecnologia e invenções. Instalado em um antigo convento, traz descobertas diversas, como o rádio, o pêndulo de Foucault e a locomotiva a vapor. 

Comidinhas infalíveis
Nada de foie-gras, restaurantes estrelados ou escargots. Passe em uma boulangerie e abasteça-se de baguettes, entre em um mercadinho e compre queijos, frutas e sucos. Um piquenique é sempre uma opção saudável, lúdica e barata. Além disso, muitos bistrôs oferecem cardápios adaptados aos jovens paladares, com menos manteiga, vinho e açúcar, mas igualmente saborosos. Os preços são, em muitos casos, a metade dos menus para adultos.Cafés e patisseries são lugares redentores. Chocolate quente, crepes, macarons e croissants os deixarão felizes e bem alimentadas. 

Meio de transporte
O sistema de metrô e trem urbano parisiense cobre boa parte da cidade e há sempre uma estação próxima às grandes atrações. O problema é que escadas rolantes e elevadores são raros e a hora do rush tornam a experiência com que está com carrinhos de bebê um verdadeiro estorvo. Evite os horários de pico e escolha hospedagens centrais para que atrações, supermercados e farmácias estejam sempre a curta distância.Um passeio inesquecível são os bateaux-mouche, barcos que sobem e descem o Rio Sena. Eles passarão por baixo de pontes históricas, como Pont Neuf e Alexandre III, e próximos a ícones como a Torre Eiffel, a Catedral de Notre Dame e a Conciergerie. Até mesmo uma pequena Estátua da Liberdade estará em seu caminho. Os batobus permitem paradas e desembarques em diversos pontos ao longo do rio.

Fonte Stravinsky, defronte ao Centro Pompidou, Paris, FrançaFonte Stravinsky, defronte ao Centro Pompidou. Crédito: Mark B Schlemmer/Creative Commons 

Para deixá-las exaustas
Jardim de Luxemburgo: antes de encarar as filas do Louvre ou do d’Orsay, faça as crianças pularem, correrem e formarem sinapses nos jardins deste palácio da Rive Gauche. A entrada é grátis. O Jardim das Tulherias, a fonte Stravinsky (próximo ao Beaubourg), a Arena de Lutèce, a Place des Vosges e a Esplanada do Trocadéro, defronte à Torre Eiffel, são outros espaços abertos que as deixarão bastante entretidas. Mesmo bairros mais adultos, como o Marais, sempre possuem parques e playgrounds bem mantidos.Um outro passeio bem divertido que não decepciona ninguém é o Palácio de Versalhes, com seus amplos espaços. 

Programa de adolescente
Musée Air+Space: instalado no aeroporto de Le Bourget, próximo ao Centro de Paris, aqui há uma encantadora coleção de aeronaves históricas. Lembre-se que foi em Paris que Alberto Santos-Dumont fez seu inesquecível voo com o 14-Bis. Uma réplica de seu elegante Demoiselle, caças supersônicos e o Concorde fazem parte da visita, assim como mostras especiais – como a que homenageia o aviador e escritor Antoine Saint-Exupéry, autor do Pequeno Príncipe – e simuladores de aviões.Os maiores também podem se divertir no Museu dos Esgotos e nas Catacumbas. 

Comprinhas
Opções de boas compras é o que não faltam em Paris. Além dos grandes magazines, como a Printemps e a Galeries Lafayette, que contam com tentadoras seções infantis de brinquedos, livros e roupas, não deixe de conhecer a loja conceito da Bonpoint. E nada de roupas de grife, acessórios ou cosméticos, compre coisas que as façam parecer como crianças. Também vale a pena procurar livros ilustrados nas boas livrarias da cidade, mesmo que você não seja fluente em francês.

Dicas básicas
É muito fácil encontrar coisas como fraldas, leite em pó e pomadas em supermercados e drogarias parisienses, inclusive as de marcas que você já conhece. Carrinhos de bebê podem ser um pequeno estorvo em algumas estações de metrô mais antigas, sem elevadores, mas no geral são ótimas para aproveitar os passeios a pé.Uma outra tendência bacana na cidade é o aluguel de apartamentos para estadias mais longas. Aqui as crianças terão mais espaço, os pais poderão preparar refeições mais ricas (e em ambientes menos esfumaçados) e todos terão uma experiência bem divertida.

Paris para crianças e famílias

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Viajar com crianças não é a tarefa das mais simples. Quanto maior o número, mais complicadas as coisas se tornam. Para resolver a situação, não adianta apenas colocar músicas que eles gostem e investir em brincadeiras que os entretenham, é preciso muito mais empenho do que isso.
Para que consiga ter um pouco mais de facilidade para lidar com o desafio de viajar com crianças, seguem algumas dicas que podem ser muito úteis.

Prepare o tempo
As crianças gastam um bom tempo extra e é interessante que se prepare para isso. Se estiver em um aeroporto ou rodoviária, pode ser que eles queiram explorar o local e ir atrás de coisas chamativas.
Caso esteja viajando de carro, programe algumas paradas a mais para que elas não fiquem muito nervosas com a viagem e se divirtam mais.
É muito importante também que se prepare para eventuais birras que possam surgir, e para resolver, uma estratégia divertida de paradas pode ajudar. Fato é que não adianta ter pressa para chegar.
Reserve tudo com antecedência
Programe muito bem a sua viagem para que surpresas desagradáveis não surjam na sua chegada. Veja bem como são todas as acomodações, se há espaço suficiente para crianças, se o local é seguro, se possui um local onde elas possam brincar e gastar energia, entre outros assuntos pertinentes, pois uma surpresa que te faça mudar de local, e que traga dores de cabeça e insegurança, é tudo o que não precisa.
Fique atento às roupas
Pode parecer muito simples isso, mas muitos pais ainda pecam no sentido de escolher as roupas mais próprias para as crianças. Quando mais ajustadas estiverem em relação ao clima encontrado no destino, mais elas se sentem confortáveis e felizes.
Aplicativos são ótimos auxiliares

Créditos: Getty Imagens
Aplicativos são ótimos auxiliares
Como não dá para colocar um playground dentro de um carro, ônibus ou avião, aplicativos indicados para crianças podem deixar a viagem muito mais tranquila. Já existem vários no mercado indicados para diferentes faixas etárias.
Não se esqueça dos remédios
Qualquer mudança faz com que a criança sinta muita mais profundamente que um adulto. Portanto, para coisas mais simples é importante se preparar. Faça um pequeno kit com curativos, antisséptico, repelentes, termômetro e alguma coisa para dor.
É importante ainda saber se o seu plano de saúde atende no novo destino ou, se ele for regional, verificar se vale a pena fazer um seguro viagem saúde. Tudo para facilitar caso aconteça algum problema, pois com saúde (principalmente de crianças) não se brinca.
Evite o açúcar
Principalmente em viagens mais longas, evite dar muitos doces para a criança. Imagine o nível de agitação que ela pode chegar e é você quem tem que lidar com isso. Opte por salgadinhos e outras guloseimas.
Faça um planejamento de tempo gasto com as crianças
Se tiver mais algum adulto viajando com você e as crianças, ou mesmo um filho mais velho que possa ser responsável, trate de programar uma melhor forma de dividir o tempo no qual cada um vai tomar conta das crianças.
Leve travesseiros

Créditos: Getty Imagens
Leve travesseiros
Leve alguns travesseiros no interior do veículo, pois a criança pode ter sono e querer dormir. Com os travesseiros, ela dorme mais tranquilamente, pois sem eles, pode ser que não consiga se sentir confortável, sem pegar no sono e, como consequência, fique irritada. Nesse ponto, você já sabe o que esperar.
Caso possa fazer frio, leve também alguns cobertores.
Aposte em alimentos que gastem tempo
Procure alguns alimentos que deixem a criança presa a eles por mais tempo, pois enquanto ela se alimenta, fica mais calma. Pacotes de biscoitos são exemplos disso, pois são vários pedaços fragmentados que demoram um tempo para comer e saciar.
Lógico que, além de pensar na segurança e diversão da criança, não vale se esquecer e contratar um seguro viagem é importante para qualquer imprevisto, tanto dela como seu.

Viaje com crianças sem problemas, confira as dicas

Ipemig Pós Graduação EAD
Ipemig Pós Graduação EAD
todas as pós-graduaçãoes por 15x 99,00 + matricula de R$150
 
Aumente a sua possibilidade de empregabilidade
e progressão salarial com um curso de pós graduação
 
Carga horária diferenciada   Educação a Distância (EAD)

Carga horária diferenciada

Educação a Distância (EAD)

Carga horária a partir de 580h.
Certificado pronto entre 30 e 90 dias.

Forma rápida e prática para adquirir
conhecimento de qualidade.
   
MEC Preço acessível

MEC

Preço acessível

Todos os cursos com diplomas
reconhecidos pelo MEC.

Facilidade de pagamento e descontos
ao indicar amigos.
 
Faça uma especialização
acessível e de qualidade.
Garanta a sua vaga

*Carga horária de 580 horas, duração mínima de 6 meses. Consulte os cursos disponíveis para esta carga horária.
**Condição especial para todos os cursos da Educação Especial. - Veja as condições que preparamos para a sua área!