quarta-feira, 28 de junho de 2017

Ao planejar uma viagem ao delicioso litoral de Ubatuba, você seleciona para o roteiro algumas das mais de 70 lindíssimas praias, visita às ilhas e também deixa um espaço para explorar as trilhas que levam às incríveis cachoeiras. Mas o destino reserva mais que mergulhos em águas doces e salgadas. Há opções de passeios em Ubatuba para deixar a sua viagem ainda mais completa e divertida.

Tamar: um dos passeios em Ubatuba que não pode faltar!

Imagem ilustrativa
Situado a apenas 600 metros da orla da Praia de Itaguá, a primeira sede do Projeto Tamar no litoral brasileiro rende um dos mais interessantes passeios em Ubatuba, principalmente para os pequenos, que ficam encantados com as grandes tartarugas marinhas. Durante o passeio, os visitantes podem observar em 5 tanques, bem de pertinho, diversas espécies, tais como tartaruga-cabeçuda, tartaruga-oliva, tartaruga-de-pente, entre outras.

Há também mais 5 tanques com espécies terrestres e de água doce e um museu com réplicas de tartarugas marinhas em tamanho real, cascos, ossos, esqueletos e painéis ilustrativos com informações. O Museu Caiçara, com mais de 200 peças antigas, fotos e objetos, é outra atração que torna o Tamar uma boa pedida dentre os passeios em Ubatuba. As crianças ainda podem aproveitar o parquinho e a área de recreação, comer na lanchonete e comprar artesanatos das costureiras da Picinguaba e Camburi.

Pinguins e águas-vivas

Isa.ferreira/CC BY-SA
O Aquário de Ubatuba é outra opção de passeios em Ubatuba que torna a viagem ainda mais rica! Localizado na mesma região da cidade, na Praia de Itaguá, o aquário é considerado um dos melhores do Brasil e possui um dos maiores tanques marinhos do país, com 80 mil litros de água.
Dentre os mais de 700 animais, de cerca de 130 espécies diferentes, os visitantes podem conhecer o Pinguinário com 10 animais da espécies Pinguim-de-Magalhães, o aquário das fascinantes Águas-Vivas, tubarões, raias, caranguejos, piranhas, cavalos marinhos coloridos, estrelas do mar e muito mais.

A orla de Itaguá


Itaguá não é uma praia linda, seu mar nem sempre está próprio para o banho, mas em compensação rende muitos passeios em Ubatuba. Além do Tamar e do Aquário, a extensa orla da praia é muito bonita e completa. Nela, é possível caminhar por entre as árvores, beirando o mar, sentar nos banquinhos, pedalar na ciclovia, andar de skate e fazer manobras em uma pista, e até se surpreender com o esqueleto de uma baleia.
Imagem ilustrativa
Isso mesmo! Após o mamífero da espécie Jubarte morrer encalhado em uma das praias do litoral de Ubatuba, seus ossos foram retirados pela Prefeitura e montados em frente ao mar, na praça que passou a se chamar da Baleia. Para comer, beber e comprar, a Rua Guarani, anterior à da praia, é repleta de charmosos restaurantes de gastronomias variadas, alguns com vista para o mar, barzinhos, sorveterias e lojinhas.

Ubatuba, visite além das praias, confira

quinta-feira, 22 de junho de 2017


Uma cerveja na mão, mar azul à moda do Caribe na minha frente e uma praia agradável ao meu redor. Assim foram meus dias em Maragogi, maior destino turístico de Alagoas. Fiz poucos passeios, dormi bastante e relaxei. Muito. Sua viagem para lá também pode ser assim, em ritmo de preguiça. Ou não, afinal essa cidade de 30 mil habitantes oferece várias atividades aos turistas. Quer mais que sombra e água fresca? Então veja o que fazer em Maragogi.
O que fazer em Maragogi, Alagoas

Galés de Maragogi


Esse é o passeio mais tradicional da cidade. Você entra num barco e vai até as piscinas naturais que se formam no meio do mar, a cerca de seis quilômetros da costa. Existem três áreas de piscinas ao longo do litoral de Maragogi. Taocas, que fica em frente à Praia de Maragogi, e Barra Grande, localizada em frente à praia de mesmo nome, são duas delas. A terceira área é justamente a mais famosa, cujo nome acaba sendo aplicado a todo o conjunto: as Galés de Maragogi.
Ao contratar seu passeio, provavelmente ninguém vai te dizer qual será a área visitada – se você realmente vai às galés ou a uma das outras áreas de piscinas. Portanto, se você fizer questão de ir numa área específica, pergunte antes de contratar o passeio. Para controlar o fluxo de visitantes e proteger a área, há uma esquema de rodízio envolvendo as empresas nas áreas visitadas.
O que fazer em Maragogi, Alagoas

O que fazer em Maragogi, Alagoas

As piscinas são formadas por corais, durante a maré baixa. Além de observar a beleza das águas, todo mundo costuma encarar um snorkeling, na tentativa de ver de perto os peixinhos coloridos que vivem nas piscinas. Também é possível mergulhar com cilindro ou contratar um serviço profissional para tirar fotos debaixo d´água – e cercado por peixes.
Mas atenção: se você notar que seu guia está atraindo os peixes de forma artificial (com ração, por exemplo), saiba que isso é proibido e, segundo estudos da ONG Projeto Recifes Costeiros, gera desequilíbrio ambiental e pode prejudicar os animais. Entre outros problemas, a prática favorece o estabelecimento de apenas algumas espécies de peixes, prejudicando a biodiversidade. Por isso, se você quiser que as piscinas de Maragogi continuem lá, bonitas e preservadas, ajude a combater a prática. Vale lembrar também que as piscinas naturais de Maragogi fazem parte da Área de Proteção Ambiental Costa dos Corais e que quem viola as regras da região pode ser multado.
O passeio até as piscinas naturais custa, em média, R$ 65 por pessoa. Você pode contratar o serviço assim que chegar em Maragogi, na recepção de muitos hotéis ou pela internet. Se sua passagem pela cidade for em alta temporada ou durante um período curto, é aconselhável reservar o passeio.
Opção de reservoa com a empresa Maragogi Receptivos, que tem uma loja em frente à praia principal da cidade, mas várias empresas também oferecem o passeio. Qualquer atividade a mais, como o mergulho com cilindro ou fotografias, é cobrada separadamente. O passeio dura duas horas e os horários de saída variam de acordo com a maré.
Maragogi, Alagoas

Passeio de buggy pelo litoral de Maragogi

Assim como em outras partes do nordeste, é possível fazer um passeio de buggy pelo litoral de Maragogi. São três roteiros principais: o primeiro passa pelo litoral norte, levando os turistas a sete praias, incluindo Peroba, que fica na divisa de Alagoas com Pernambuco. O tour tem paradas para banho, claro.
A segunda opção é pelo litoral sul e passa por seis praias. Já o último roteiro envolve o Santuário do Peixe-Boi. Os passeios custam, em média, R$ 300, mas o preço é por buggy, que pode levar até quatro pessoas. É uma boa forma de conhecer as praias da região. O blog Rapha no Mundo fez um comparativo entre os passeios.
O que fazer em Maragogi, Alagoas

Santuário do peixe-boi


Eu não fiz esse passeio, mas achei uma opção interessante depois que li o relato do blog Andarilhos do Mundo.
Pelo que li, esse parece ser o caso do Santuário do Peixe-Boi, que ajuda na preservação do mamífero marinho mais ameaçado do Brasil. O projeto devolve à natureza, aos poucos e com planejamento, filhotes de peixe-boi nascidos em cativeiro.
Os passeios são de observação: você entra numa jangada (barcos motorizados são proibidos, justamente para proteger o peixe-boi) e pode ou não avistar os animais, que estão soltos na natureza. Toda a visitação é controlada pelo Ibama e obedece a regras rígidas de proteção ambiental. A renda fica com a comunidade local. Vale a pena também conhecer o site da Associação do Peixe-Boi, que ensina como você pode fazer a sua parte para ajudar na proteção dessa espécie.
O santuário não fica em Maragogi, mas em Porto de Pedras, a cerca de 50 km de distância. O passeio custa em torno de R$ 40 – se você for de buggy. O ingresso no santuário não está incluído no preço pago ao motorista.
Praia de Maragogi, Alagoas

Opções de bate-volta a partir de Maragogi

Praia de Maragogi, Alagoas

Maragogi está perto de vários lugares interessantes e pode perfeitamente ser usada como base para conhecer outras praias lindas do nordeste. Mas lembre-se que as saídas variam de acordo com o dia da semana, portanto planeje-se com antecedência para não perder o passeio desejado.
Praia dos Carneiros – Apontada como uma das praias mais bonitas do Brasil, a Praia dos Carneiros, em Tamandaré, no Estado de Pernambuco, fica a cerca de 50 km de Maragogi.
Porto de Galinhas – Outra praia pernambucana, essa do município de Ipojuca. Só que Porto de Galinhas é bem mais famosa e já foi apontada várias vezes como a melhor praia do Brasil. Porto de Galinhas está a 100 km de Maragogi.
São Miguel dos Milagres – Também apelidada de paraíso, São Miguel dos Milagres fica a 70 km de Maragogi. Costuma ser incluída no passeio do Santuário do Peixe-Boi, já que está ao sul de Maragogi (as praias citadas acima estão na direção norte).
Também é possível fazer passeios de bate-volta até Maceió, Recife e Olinda. Mas, francamente, não acho que sejam opções interessantes, já que esses destinos demandam mais tempo que apenas um dia de viagem. Se quiser conhecer mais sobre essas praias, dê o play no vídeo abaixo, que mostra algumas das maravilhas da região.

Outras atrações

Ainda não acabou. O turismo de aventura, que envolve passeios de caiaque no rio, trilhas pela Mata Atlântica e esportes náuticos, é outra boa opção. A Explorer Diving Adventure é uma das empresas com foco nesse tipo turismo. Além disso, a cidade conta com vários restaurantes, comida boa e, claro, praias. Muitas delas. Basta escolher a sua.

Alagoas, Maragogi

domingo, 11 de junho de 2017

Nos dias de hoje as crianças não conseguem desfrutar de uma infância saudável, com a liberdade de correr, ter espaço para brincar e entrar em contato com a natureza. Limitadas aos condomínios dos prédios e aos quintais revestidos de piso e nenhum jardim das casas atuais, as crianças das novas gerações não sabem o que é correr na rua, por exemplo. A violência e o crescimento acelerado das grandes cidades roubaram isso delas! A boa notícia? Ainda existem lugares como o Vale Suíço Resort que, situado na tranquila cidade de Itapeva, tem uma proposta: devolver, por uns dias, essa liberdade para os nossos pequenos!


Para que esta liberdade seja aproveitada ao máximo, as crianças tem um mundo de diversões exclusivo para elas. Nos 7.000 m² do Mundo Kids eles encontram diversas atrações diferentes, na terra, na água e até no ar. Tudo é claro, com muita segurança que é para os pais não esquentarem suas cabeças e aproveitarem as atividades voltadas aos adultos e a calmaria de Itapeva.


Ah, nada como sentir aquele cheirinho de mato. Dá até gosto de respirar fundo! Em Itapeva, situada a apenas 1 hora de São Paulo, a natureza ainda pulsa e, no Vale Suíço Resort tem uma fazendinha especialmente para a criançada aproveitar este contato. Além de sentir-se como se estivessem em uma fazenda dos livros de histórias infantis, os pequenos podem passear a cavalo e ver bem de perto mini-pôneis, carneirinhos, coelhos, mini-vacas e outros animais que na cidade grande eles não têm contato.


Neste completíssimo resort de Itapeva não tem essa de parque no diminutivo não. A brinquedoteca do Vale Suíço é gigante! Em um espaço de dois andares as crianças esquecem-se da vida nos túneis e pontes do circuito de brinquedos, em mergulhos divertidos na piscina de bolinhas e brincando de ser gente grande na mini-cozinha e na casinha de bonecas. E ainda tem teatrinho de fantoches para arrancar aquelas gargalhadas gostosas que tanto nos faz feliz.


Que criança não passa horas brincando na água? No Vale Suíço Resort tem um Playground Aquático com um refrescante chafariz em formato de cogumelo e um simpático elefantinho em formato de escorregador. Faça chuva ou faça sol em Itapeva, a criançada pode se jogar na piscina porque ela é climatizada. E, se tem outra coisa que a criançada também adora é pular. Eita energia que esses pequenos têm! No Playground com cama elástica os olhos deles brilham mais que o sol.

Vale Suíço Resort, em Itapeva-São Paulo

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Viajar, algo que não se tem idade para fazer. Seja adulto ou criança, sempre é bom conhecer um novo lugar, relaxar e curtir as maravilhas que o Brasil (e o mundo) tem a oferecer. Destino decidido, malas prontas, mas… O que é preciso para viajar com crianças? Há todo um protocolo para que a sua viagem seja perfeita e nada dê errado ao levar os pequenos para se divertir! Como boa amiga que sou, vou lhe dizer o que é necessário, seja para uma viagem neste Brasil lindo ou uma passagem em um país diferente.

Viagens pelo Brasil

Para viajar com crianças por essa terrinha de meu Deus é totalmente obrigatório a apresentação da Certidão de Nascimento ou da Carteira de Identidade, também conhecida por RG, do pequenino. Os documentos têm que ser, obrigatoriamente, ORIGINAIS. Então, nada de xerox, nem que seja autenticado. No caso, só com estes documentos você consegue viajar com crianças acompanhadas por pai e mãe, porém se só um deles estiver presente, é necessária uma autorização que pode ser emitida no site do Tribunal de Justiça.
“Mas o pai ou a mãe está impossibilitado de assinar a autorização no momento. O que eu faço?” Em situações como esta você pode solicitar a autorização na Vara da Infância e Juventude. Esta autorização também é necessária no caso de menores de 12 anos viajando sem os pais e com parentes maiores de 18 anos, porém ela deve ser assinada por ambos. E ATENÇÃO, segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente, nenhum menor pode se hospedar em um hotel sem autorização dos pais ou documento que comprove parentesco. Não vai marcar bobeira e perder uma ótima viagem com os pequenos.

Destinos internacionais

Se você pensa em ir além ao viajar com crianças, há alguns cuidados extras a serem tomados com os documentos. Se as férias forem em algum lugar da América do Sul, não é preciso passaporte, apenas o RG é suficiente para poder embarcar com o pequeno. Para outro continente ou América do Norte, é preciso o passaporte e a identidade, já que o novo modelo do documento não contém filiação. Essa regra vale para crianças de qualquer idade e acompanhada dos pais.
No caso de viagem com apenas um dos pais ou parentes, é preciso autorização que pode ser encontrada na cartilha do Conselho Nacional de Justiça. A regra vale mesmo se os pais estiverem indo para o mesmo destino, porém em voos separados. Lembrando que a autorização precisa estar assinada, com firma reconhecida em cartório e pode conter validade, do contrário poderá ser utilizada em até 2 anos. Também é pedido que se leve dois exemplares da autorização, pois um deles ficará no controle dos passaportes e será verificado pela Polícia Federal.
Entendeu? Para explicar melhor, fizemos um infográfico que pode ser conferido abaixo:

Cuidados necessários para viajar com as crianças

Ipemig Pós Graduação EAD
Ipemig Pós Graduação EAD
todas as pós-graduaçãoes por 15x 99,00 + matricula de R$150
 
Aumente a sua possibilidade de empregabilidade
e progressão salarial com um curso de pós graduação
 
Carga horária diferenciada   Educação a Distância (EAD)

Carga horária diferenciada

Educação a Distância (EAD)

Carga horária a partir de 580h.
Certificado pronto entre 30 e 90 dias.

Forma rápida e prática para adquirir
conhecimento de qualidade.
   
MEC Preço acessível

MEC

Preço acessível

Todos os cursos com diplomas
reconhecidos pelo MEC.

Facilidade de pagamento e descontos
ao indicar amigos.
 
Faça uma especialização
acessível e de qualidade.
Garanta a sua vaga

*Carga horária de 580 horas, duração mínima de 6 meses. Consulte os cursos disponíveis para esta carga horária.
**Condição especial para todos os cursos da Educação Especial. - Veja as condições que preparamos para a sua área!